:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

Morreu na tarde desta quinta (02) em Teixeira de Freitas, o ex-prefeito de Medeiros Neto, Nilson Costa.

Nilson Costa tinha 84 anos e foi uns dois melhores prefeitos eleito em Medeiros Neto. Ele governou a cidade entre 2013 e 2016, quando passou o comando da município para Jádina Paiva.

O ex-prefeito deixa esposa a ex-vereadora Graça Costa, e quatro filhos: Rogério Costa, Júnior Costa, Dr. Alex Costa e Dra. Natália Costa.

O corpo do senhor Nilson Vilas Boas Costa será sepultamento às 09 horas da manhã desta sexta-feira, dia 03, no Cemitério Alto da Colina.

 

Vida pública

A eleição de Nilson Costa para prefeito do município de Medeiros Neto, não deixou dúvidas. Em todos os sentidos significou um salto na vida da cidade, que a partir do início de seu mandato deu mostras de que sua administração marcaria uma nova era na vida politica e administrativa do município, que desde então passou a contar com sua competência, seriedade, honradez e, sobretudo, honestidade na condução da administração pública.

Logo após assumir o cargo, Nilson Costa passou a imprimir um ritmo de desenvolvimento, principalmente nos avanços da qualidade de vida da comunidade, colocando em prática uma série de medidas que logo transformou o visual da cidade, a exemplo de pavimentação asfáltica em diversas ruas, avenidas, calçamento de várias ruas e logradouros públicos, implantação de áreas de lazer, assistência social, construção e reformas de escolas, postos de saúde e provimento de cargos através da contratação de profissionais competentes para preenchimento de cargos de suma importância para implementação de seus projetos.

Nilson Vilas Boas Costa, natural da cidade de Santo Antônio de Jesus, estado da Bahia, nascido de família humilde em 10 de janeiro de 1936, desde muito cedo deu mostras de que teria um futuro promissor. Ainda muito jovem transferiu-se de sua terra natal em companhia de seu irmão Aurelino Vilas Boas Costa, o popular Didio, de saudosas lembranças para os Medeirosnetense, dando início a uma profícua sociedade comercial, quando com apenas quinze anos de idade começou sua vida profissional no comércio, na localidade de Corgão, distrito de Macarani, no Sudeste baiano.

Um ano após, foi informado da existência de um promissor distrito, o então Água Fria, futuro município de Medeiros Neto, no Extremo Sul do Estado. Logo, não teve dúvidas, viu ali a chance de prosperar, e, mesmo com poucos recursos financeiros, decidiu por vir para cá, aonde chegou em 1956 com apenas 20 anos de idade, sempre em companhia do irmão Didio. Aqui chegando, alugaram dois pontos comerciais, sendo um na então Praça da Bandeira (atual Praça Sete) onde começou suas atividades comerciais com um pequeno armazém e outro na Rua Adão Fernandes onde colocou um Bar.

Desde então começou a trabalhar duro, dada às dificuldades da época e, em 1959 adquiriu um caminhão com o qual transportava para o Rio de Janeiro mercadorias como arroz, milho, feijão farinha e porcos, e na volta trazia outras mercadorias para vender na região. A partir de então começou a investir na construção de seu patrimônio.

Nilson Costa trouxe na bagagem não só a vontade de vencer, mas também a esperança de um futuro melhor. “Sempre acreditei em Deus e nada me mete medo porque sou daquelas pessoas que não desisto diante dos obstáculos e dificuldades, arregaço as mangas e vou à luta”, costuma repetir Nilson Costa. E assim, movido pela sinceridade e força de vontade, construiu seu vasto patrimônio, “com trabalho, sinceridade e, acima de tudo, honestidade”, justifica ele.

Em 1970 conheceu a jovem professora Maria das Graças Silva Amarante, com quem se casou em 1977. Dessa união nasceram os filhos: Júnior Costa, Alex e Natália, que juntamente com o jovem Rogério Costa (fruto de seu primeiro casamento) formaram uma família.

Por ter vivenciado uma infância difícil, começando a trabalhar muito cedo, Nilson Costa sempre se preocupou com o bem estar de seu próximo, principalmente com os menos favorecidos pela sorte; por isso, em 1976 concorreu ao cargo de prefeito do município de Medeiros Neto, pela ARENA 2. “Mas quis o destino que esse sonho fosse adiado, ficando adormecido até 2012, quando por vontade soberana do povo, enfim, foi concretizado”, salienta.

Diversificou suas atividades comerciais e investiu no ramo da pecuária tornando-se proprietário de terras e grande criador de gado de corte, uma vocação beneficiada pela vocação e perfil do município, com terras de qualidade, clima favorável e localização geográfica privilegiada.

Nilson Costa teve vitórias alcançadas tanto na vida familiar, social, econômica e política.

 

Por: Vida Diária / MedeirosNeto.com

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notácia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, entre outros, podem ser excluídos sem prévio aviso. Caso haja necessidade, também impediremos de comentar novamente neste site os perfis que tiveram comentários excluídos por qualquer motivo. Comentários com links serão sumariamente excluídos.

MercadoSul
CNA
carnesSP
Exata
Lekao
GIL Academia

POPULARES Mais acessadas na semana