:: Vida Diária :: Jornalismo que completa o seu dia!

“Orgulho”, “Talento puro”, “Emoção”: a jovem cantora teixeirense Hellen Sandy se apresenta no palco do The Voice Kids e é aplaudida de pé pelos jurados

Teixeira de Freitas, 28 de janeiro: A cantora teixeirense Hellen Sandy deu um show de talento ao soltar a sua voz no The Voice Kids, reality musical da Rede Globo, o qual foi transmitido na tarde deste domingo (26). Hellen tem 11 anos de idade e se apresentou na fase de “Audições às Cegas” do programa, interpretando a belíssima música atemporal “Tente Outra Vez”, de Raul Seixas.

 A jovem cantora, e também bailarina, é dona de inúmeros talentos, como carisma, versatilidade, ótima prosódia (muito lembrada pelo cantor e compositor Carlinhos Brown, um dos jurados do The Voice Kids) e muito mais. Todas essas qualidades puderam ser vistas durante a sua apresentação, a qual fez virar todas as cadeiras do programa e aplaudida de pé pelos jurados. Enfim, foi um momento mágico para Hellen e todos os teixeirenses, os quais tiveram muito orgulho de ver uma representante da cidade em um programa de TV a nível nacional e causando uma comoção nas redes sociais.

 

Todos os jurados não pouparam elogios à cantora teixeirense, a catapultando como uma candidata forte ao prêmio. Com isso, Hellen Sandy tem a oportunidade de ser reconhecida nacionalmente, já que em Teixeira de Freitas, ela se apresentava em vários eventos e concursos de música, como o Festival da Canção 2018, do Projeto Musicarte, e o Encanta Teixeira 2017.

Ao final, como as três cadeiras viraram, ela optou em ir para o time das “Coleguinhas”, as irmãs Simone e Simária.

Boa sorte, Hellen! A cidade de Teixeira de Freitas está muito orgulhosa e emocionada tendo você como representante de um programa desse nível.

 

Por: Vida Diária / Robson Dias

Prazo para regularização do Simples Nacional termina 31 de janeiro

Os pequenos negócios que foram excluídos do Simples Nacional em 2019 têm até 31 de janeiro para regularizarem as pendências e fazerem uma nova adesão ao regime, desde que não haja débito com a Receita Federal ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. O prazo também se aplica aos empresários interessados em aderir ao regime pela primeira vez. Caso contrário, o ingresso acontecerá somente no próximo ano. Ao optar pelo Simples Nacional, o empresário tem a oportunidade de pagar oito tributos, entre municipais, estaduais e federais, de uma única vez, reduzindo os custos tributários. Também fica livre de obrigações acessórias com vencimentos distintos, reduzindo a burocracia para administrar o negócio.

“O Simples representa um grande alívio para os empresários de micro e pequenas empresas, que sofrem mais para driblar os encargos da burocracia. Pesquisas do Sebrae apontam que sem o Simples, quase 70% dos pequenos negócios fechariam as portas. Regularizar a situação para permanecer no regime tributário é uma grande oportunidade”, destaca o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

Para empresas em início de atividade, o prazo para a solicitação é de 30 dias contados do último deferimento de inscrição (municipal ou estadual, caso exigível), desde que não tenham decorridos 180 dias da data de abertura constante do CNPJ (para empresas abertas até 31/12/2019) ou 60 dias (para empresas abertas a partir de 01/01/2020). Todo o processo de adesão é feito exclusivamente pela internet, por meio do Portal do Simples Nacional.

 

Pendências com o Simples Nacional

Enquanto não vencer o prazo, os contribuintes com débitos junto ao Simples Nacional (que foram excluídos) ou com débitos junto a outros entes (que nunca optaram pelo Simples Nacional) podem regularizar as pendências que impedem o ingresso no regime. Os devedores têm a opção de pagar os débitos à vista ou realizar o parcelamento convencional (aberto a qualquer tempo) em até 60 meses, com, no mínimo, duas parcelas.

O parcelamento também pode ser feito Portal do Simples Nacional ou no Centro Virtual de Atendimento da Receita (e-CAC), no serviço “Parcelamento – Simples Nacional”. O acesso ao Portal do Simples é feito com certificado digital ou código de acesso gerado no próprio portal. Para acessar o e-CAC, é necessário certificado digital ou código de acesso gerado pelo site. O código gerado em uma página da internet não pode ser usado para acessar outra.

 

Por: Vida Diária / Ascom

Alicante Bouschet: que uva é essa?

A enciclopédia vitivinícola muitas vezes nos traz nomes que jamais vimos ou que não conseguimos entender, seja no significado ou ainda na pronúncia do vocábulo. Claro que ninguém tem a obrigação de saber todas as coisas que envolvem esse vasto universo. Nomes de uvas comumente são de origens francesas, italianas, etc. A coisa complica quando, algumas vezes, você se depara com um vinho de cepa desconhecida e de nome ainda mais difícil. E, talvez, você possa ter se deparado em algum momento com este nome: Alicante Bouschet (se pronuncia Alicante Buchê).

A Alicante é uma uva hibrida, criada no século XIX por Henri Bouschet, na famosa região francesa do Languedoc-Roussillon, na França. É um cruzamento das uvas Grenache e Petit Bouschet. É uma uva pouca conhecida no Brasil, mas muito cultivada em Portugal, onde se adaptou muito bem. É muito usada nos vinhos de corte daquele país.

 

Existe uma história curiosa sobre a Alicante Bouschet. Os Estados Unidos tinham grande produção desta uva no início do século XX, pois uma das características é a grande quantidade de frutos por planta. Na década de 20, com a lei seca imposta pelo Estado, a cepa era usada para fazer suco de uva. Havia grande comércio da uva em todo o país. Junto com a carga de uvas, iam instruções de como “não” permitir que a uva fosse transformada em vinho. As instruções eram assim:

1) Não deixe suas uvas acidentalmente em grandes recipientes onde elas possam ser esmagadas pelo próprio peso;

2) Se as uvas começarem a fazer bolhas dentro dos recipientes, interrompa o processo imediatamente ou ele produzirá álcool.

 

Na verdade, as instruções eram um manual disfarçado para que cada um produzisse seu próprio, já que o álcool era proibido pelo governo. Outra curiosidade é que poucas uvas produzem um suco de cor vermelha, e a Alicante é uma delas.

É conhecida por diferentes nomes em outros países. Na Espanha é denominada Garnacha Tintorera, ainda que a Organização da Vinha e do Vinho (OIV) não reconheça o sinônimo espanhol. Já na Croácia é chamada de Dalmatinka ou Kambusa.

 

Suas características são cor intensa, negra, pois é rica em antocianas, bagos e cachos igualmente grandes e sua polpa é de coloração avermelhada. Por essa cor intensa, é muito utilizada em cortes para intensificar a cor dos vinhos. É uma casta que possui taninos em destaque, proporcionando ao vinho, a possiblidade de envelhecimento, sendo vinhos de guarda. Os aromas dos vinhos produzidos com a Alicante se assemelham à canela e pimenta. É também utilizada nos cortes para corrigir a acidez em vinhos que necessitem desta correção.

Em Portugal, cerca de 5% dos vinhos daquele país, possuem Alicante em sua composição. É raro você encontrar vinhos varietais desta cepa, pois, como já disse, é mais utilizada nos cortes para dar cor, tanicidade e acidez nos vinhos. Os vinhos produzidos com ela, são gastronômicos e harmonizam bem com comidas gordurosas e carnes vermelhas. Deixo como dia, o vinho Santa Bárbara Alicante Bouschet, produzido no sul do país e com um preço em torno de 55 reais. Saúde!!!

 

Vaner Benetti

Sommelier FISAR/WSET 1

13º BEIC realiza a formatura de 18 novos sargentos em Teixeira de Freitas; confira!

Teixeira de Freitas, 27 de janeiro: Na manhã da última sexta-feira (24), foi realizada a formatura de 18 novos sargentos, evento ocorrido na sede do 13º Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação (BEIC), em Teixeira de Freitas. Os recém-formados são pertencentes à turma do Curso Especial de Formação de Sargentos PM 2019.3.

 

O Coronel PM Sérgio Barros Bispo, comandante do 13º BEIC, visou a gradual ascensão dos policiais, valorizando a graduação de sargento para os militares mais antigos da corporação. Com isso, o 13º BEIC viabilizou a capacitação dos policiais militares, através de ensino e instruções.

 

Buscando reorientar o conceito de polícia, o curso buscou conceber uma nova dimensão, com atenção às atividades desenvolvidas pelos sargentos na Polícia Militar, capacitando-os para comandar, conduzir e bem orientar suas respectivas frações de tropa. Em um período de 03 meses e um total de 300 horas de instruções teóricas e práticas, os formandos chegaram ao seu objetivo. Os mesmos realizaram estágios nas áreas de responsabilidade, sob o comando de Oficiais da 87ª CIPM/Teixeira de Freitas, 88ª CIPM/Alcobaça e 89ª CIPM/Mucuri. Por fim, foi a tão almejada formatura.

 

Além disso, durante a formatura, o 13º BEIC concedeu a entrega do prêmio Mérito Intelectual aos três primeiros colocados nas melhores médias curriculares, que foram os futuros Sargentos PM: Erivaldo da Conceição Simões (1º colocado), Tadeu José Santana Alcântara (2º colocado) e Ronaldo José de Andrade (3º colocado). Logo após, as madrinhas fizeram a entrega dos certificados aos respectivos formandos. Houve também o momento de homenagens dos estudantes ao paraninfo, madrinha e amigo da turma, que na ocasião foram os seguintes: o Coronel PM Ademar Fontes, a Capitã PM Marion Santos Souza Costa e o Dr. Guilherme de Oliveira Silveira Costa (médico cardiologista).

 

A solenidade contou com as presenças de diversas autoridades, familiares dos formandos e comunidade em geral, os quais prestigiaram a apresentação dos novos sargentos à sociedade baiana.

 

Por: Vida Diária / Robson Dias e ASCOM

Grande Mutirão da Saúde entra na segunda etapa

O Grande Mutirão da Saúde de Teixeira de Freitas entrou na segunda etapa. Nesta fase, são iniciadas as cirurgias. A ala de consultórios que foi estruturada na via em frente ao Centro Especializado em Reabilitação (CER 4) foi desmontada. No lugar, salas do CER foram preparadas para as operações oftalmológicas.

 

As cirurgias de maior complexidade serão realizadas no Hospital Municipal de Teixeira de Freitas.  As consultas e exames já agendados, estão acontecendo nos consultórios montados na via que fica em frente à Secretaria Municipal de Saúde.

 

Esta ação, que tem como objetivo zerar as filas de espera na Rede Municipal de Saúde, é de iniciativa e realização da Prefeitura de Teixeira de Freitas, via Secretaria Municipal de Saúde, com o suporte técnico da Associação Saúde em Movimento (ASM).

 

Por: Vida Diária / ASCOM

COLUNAS Gente de opinião!

Como sair do Canil Existencial com o Pulo da Gata
Como sair do Canil Existencial com o Pulo da Gata
Publicado: Quarta, 22 Janeiro 2020 12:43
Vivo uma vida que parece não ser a minha!
Vivo uma vida que parece não ser a minha!
Publicado: Quarta, 15 Janeiro 2020 11:03
NOVO ANO. NOVOS VINHOS?
NOVO ANO. NOVOS VINHOS?
Publicado: Segunda, 13 Janeiro 2020 11:21

RELIGIÃO Voz para todas as crenças

Amigo Bicho O Vida tem um cantinho só para eles